fbpx
3 etapas para que os atletas Master treinem com eficácia

3 etapas para que os atletas Master treinem com eficácia!

Atualizado em maio 31, 2021
Por Editor Kadinho Treinamentos

3 etapas para que os atletas Master treinem com eficácia!

Atualizado em maio 31, 2021
Por Editor Kadinho Treinamentos
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Para atletas experientes, pode ser difícil equilibrar o tempo de treinamento com o resto da vida. Essas quatro etapas podem ajudá-lo a permanecer no caminho certo para atingir seus objetivos, sem sacrificar outras partes de sua vida.

Atletas Master, normalmente definidos como pilotos com mais de 40 anos de idade, geralmente têm desafios maiores do que os mais jovens ao encontrar um treinamento consistente e tempo de recuperação adequado. Trabalho, família, maiores necessidades de recuperação e uma falta geral de tempo disponível podem impedir o progresso em direção ao sucesso na corrida.

Isso não significa que os atletas mais velhos não tenham metas. Seja qual for a sua motivação, estar preparado é fundamental. Ninguém quer chegar na linha de partida lamentando os treinos perdidos e a falta de preparação.

 Alguns passos simples e planejamento podem ajudar todos os atletas masters ocupados a alcançar seus objetivos. Aqui estão quatro maneiras de fazer isso acontecer.

3 etapas para que os atletas master treinem com eficácia

1. Faça um plano

É crucial começar com uma compreensão realista do que você pode e não pode fazer com seu tempo. Comece estimando a quantidade de tempo disponível em cada dia da semana. Esta precisa ser uma avaliação muito precisa e real. Fingir que você vai acordar todos os dias às 3 da manhã antes do trabalho e depois fazer um segundo treino às 21 da noite depois que as crianças estão dormindo não é realista. 

A privação de sono significará uma recuperação inadequada, mal-estar geral e provavelmente tornará você uma pessoa bastante desagradável de se lidar.

Agora que você descobriu quanto tempo tem disponível, crie seu plano de longo prazo.

Em seguida, anote os dias que você precisa de folga devido a viagens de trabalho, férias etc. 

Em seguida, planeje seus treinamentos importantes, permanecendo dentro do tempo diário estimado. Por último, você pode agendar as sessões extras que deseja, mas não são exercícios críticos. Dessa forma, seus treinos críticos são programados com prioridade, dando a você uma chance muito maior de executar esses treinos importantes.

Como um guia geral, você deve começar com o condicionamento físico geral e estabelecer um período de preparação específico.

 Lembre-se de que você está desenvolvendo força muscular, resistência aeróbica, velocidade e melhorando sua eficiência e técnica. 

2. Corte o Achismo

Ao examinar seu plano, você pode ficar preocupado com a falta de volume. No entanto, as evidências sugerem que trabalho de maior intensidade e menos volume é tão benéfico quanto longas horas para o atleta master. Isso significa realizar exercícios que vão além da frequência cardíaca ou potência das zonas 2 e 3.

 Há uma infinidade de maneiras de fazer isso, incluindo o treinamento intervalado em cada esporte e diferentes rotinas de força. Se você treinar mais devagar, provavelmente perderá desempenho a uma taxa maior por década do que se treinar rápido. Para o atleta com privação de tempo, encontrar esse equilíbrio “menos é mais” entre trabalho duro e recuperação é fundamental.

Treinos mais curtos, porém, mais intensos, também permitem que você encontre um melhor equilíbrio com tudo o que pode estar acontecendo em sua vida. 

Não só eles tomam menos tempo durante cada dia, mas é mais fácil mover esses treinos mais curtos. Por exemplo, trocar uma corrida de 30 minutos por uma natação de 45 minutos é uma mudança bastante fácil de fazer. 

Quando sua agenda é agitada, a facilidade de manobrar os treinos não pode ser subestimada.

3. Incluir treinamento de força e autocuidado

Após os 40 anos, a densidade muscular começa a declinar. Isso significa que você está em uma batalha com o tempo. Muitos Ciclistas Masters acham que o treinamento de força não é algo que eles possam encaixar em sua programação.

Lembre-se de que exercícios de força simples podem ser realizados em casa, sem uma ida para a academia.

Pegue alguns halteres, algumas cordas elásticas e use seu peso corporal como resistência. 

Alguns exercícios que são bons para Atletas, corredores, ciclistas e nadadores incluem rosca bíceps, extensões de tríceps, agachamentos unilaterais, levantamento terra unipodal, remadas flexionadas e supino torácico. 

Tudo isso é fácil de fazer em um período limitado em casa.

 Cordas elásticas são ótimas e podem ser usadas para uma ampla variedade de atividades de resistência. Adicione pliometria, trabalho básico, mobilidade básica e rolamento de espuma, e seu corpo agradecerá no longo prazo.

No final das contas, o atleta masters “sem tempo” ainda pode ter ótimos desempenhos 

Faça um plano, simplifique, seja realista e conciso, e vá em frente e persiga seus objetivos!

Editor Kadinho Treinamentos, aqui no Blog.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: 3 etapas para que os atletas Master treinem com eficácia!.


0 comentários

Tenha o total controle das informações do seu negócio, e conte com a nossa solução para crescer com você.